Institucional

Corpos Sociais ATLEI 2013/2016

MESA DA ASSEMBLEIA GERAL:

  • Presidente: Ramiro Filipe Raposo Pedreiro Martins
  • Vice-Presidente: Luis Maria Moreira Almeida Seabra
  • Secretário: Luis Filipe Pereira Cordeiro Gonçalves

 

DIRECÇÃO:

  • Presidente: Élio Alexandre Peixoto da Cunha
  • Vice-Presidente (Secretária): Ana Paula d'Almeida Bernardo Maurício Rosário
  • Vice-Presidente (Tesoureiro): Carlos Manuel Vilaça Neves
  • Vice-Presidente: Ana Paula Falcão Rodrigues
  • Vice Presidente: Marco António Amorim Aguiar

 

 CONSELHO FISCAL:

  • Presidente: José António Costa Pinheiro
  • Vice-Presidente: Maria Alice dos Santos
  • Vice-Presidente: José Esteves da Cunha

 

CONSELHO JURISDICIONAL:

  • Presidente: Dr.Armando Manuel Rombinha Soares
  • Vice-Presidente: Dr.Francisco Jose Teixeira Antunes Luis 
  • Vice-Presidente: Dr.Luis Vitor Rijo Alves Fernandes

 

CONSELHO TÉCNICO:

  • Presidente: Gilberto Paulo Valente
  • Vice-Presidente: José Joaquim Franca Rodrigues
  • Vice-Presidente: João Pimenta Coelho

 

Historial

Em 26 de Novembro de 1990 os 6 clubes que constituíram a Delegação da Estremadura/Oeste da Associação de Ténis de Lisboa, fundaram atual Associação de Ténis de Leiria, que representa os distritos de Leiria e Santarém, por sentirem a necessidade de fazer parte de um organismo no qual se pudessem apoiar e que diretamente os represente junto da Federação Portuguesa de Ténis.

Iniciada apenas com os 6 clubes fundadores (Clube Escola de Ténis de Leiria, Clube de Ténis de Pombal, Clube de Ténis das Caldas da Rainha, Clube de Ténis da Marinha Grande, Clube de Ténis de Alcobaça e Clube Desportivo Torres Novas) e cerca de uma centena de atletas federados, a Associação de Ténis de Leiria teve como primeiro Presidente da Direção o Sr. Ramiro Martins durante 2 anos, tendo depois sido eleito o Sr. Guilherme Lopes, que exerceu o cargo até 2010.

Ao longo de mais de 20 anos de atividade, o número de clubes filiados na ATLEI e o número de atletas cresceu exponencialmente, sendo de destacar os vários títulos nacionais que os clubes e atletas filiados nesta Associação conseguiram alcançar.

Graças ao bom relacionamento que a ATLEI sempre manteve com as suas congéneres nacionais e internacionais, aderiu ao Ténis Atlântico que junta a ATLEI, às Associações de Coimbra, Porto, Aveiro e Galiza em várias atividades realizadas por estas.

Em 2012, por iniciativa da ATLEI, foi organizado o primeiro Fórum das Associações Regionais de Ténis de Portugal com o intuito de estas debaterem questões relacionadas com a sua atividade e com o Ténis em particular. O sucesso da realização deste Fórum, mede-se pelo massivo acolhimento da ideia por parte das restantes associações com a participação de 11 das 13 existentes. Durante esse ano fizeram-se 3 encontros, localizados em Santarém, Lisboa e Aveiro respetivamente.

No 3º Fórum, os três candidatos a Presidente da F.P.T., apresentaram as suas candidaturas e participaram num debate onde estavam presentes as Associações Representativas da FPT, sendo este evento considerado como um marco histórico por esse facto.

O ano de 2013 é marcado por mais dois Fóruns das Associações Regionais e pela realização de dois Fóruns da ATLEI destinado a Treinadores e Dirigentes, o primeiro em Leiria a 9 de Fevereiro que abordou os temas Captação/Desenvolvimento e Ténis de Competição, e o segundo a 2 de Novembro em Santarém, que visou a apresentação de 3 novos programas da Direção da ATLEI e seu Conselho Técnico no âmbito do fomento, formação e desenvolvimento da ATLEI:

- Clube PLAY and STAY - Apetrechamento de Clubes, incentivo à formação de Treinadores e introdução de metodologia de bolas e campos adaptados

- MINISPIN - Fomento e Captação dos jovens tenistas menores de 10 anos

- CRT - Centro Regional de Treino – Estágios de pré-competição e competição nos Sub 12 e Sub 14

O Fórum das Associações vai já na sua 5ª Edição.Tecnicamente, destaque para a nomeação de 3 Técnicos da ATLEI como Selecionadores Nacionais, André Lopes, Miguel Sousa e Joana Roda. Desportivamente, realce para a equipa de Seniores Masculinos do CT Caldas da Rainha que ganhou o Campeonato Nacional da 1ª Divisão, bem como para o CETLeiria que averbou pela primeira vez o título de Equipa Campeã Nacional de Veteranos +45 Femininos. Frederico Silva ganha novo Torneio Grand Slam em pares desta o prestigiado Roland Garros.

 

 

 

 

Mensagem da Direção

Gratos pela V/ presença nesta festa do Ténis e da Associação Dos Distritos de Leiria e Santarém a ATLEI.
No ano passado referimos que estava na altura de nos virarmos para fora, após termos implementado as melhorias em termos de organização interna e os apoios aos clubes e jogadores.
De facto os clubes e os jogadores são a razão da nossa existência, sem eles não estávamos aqui.
Estamos apostados numa dinâmica e incremento da actividade da Associação, bem como da divulgação da nossa modalidade desportiva, O Ténis.
A situação financeira da Federação Portuguesa de Ténis e a sua politica alterou-se significativamente, tendo aumentado as comparticipações às Associações Regionais.
O numero de federados é uma das principais fontes de financiamento da ATLEI.
Desta forma temos de contar com todos os Clubes e os seus tenistas praticantes federados, para que se mantenham as fontes de financiamento.
Para que os projectos da Associação, se perpetuem e possam incrementar é necessário que todos os sócios e praticantes dos clubes sejam federados.
Temos todos de fazer um esforço conjunto para aumentar o numero de federados.
Foi por esta razão que apoiámos em Assembleia Geral da Federação, a nova tabela de taxas e a criação do cartão do ténis que terá benefícios para todos os tenistas federados.
Foi também com este intuito que aderimos ao Ranking Regional da plataforma Tie Tenis, e que é determinado pelos torneios jogados nos clubes da Associação pelos jogadores federados na ATLEI.
Por sua vez o ranking regional permitiu tomar a decisão, e na mesma linha da atuação da FPT, de organizar a titulo experimental o nosso primeiro Master dos Distritos de Leiria e Santarém 2018.
As regras criadas para este Master da ATLEI forma elaboradas no sentido de dinamizar ao máximo a afluência dos nossas atletas nas organizações de torneios no seio da Associação.
A titulo de exemplo um tenista que soma 10 pontos por torneio em 10 torneios, ficará á frente de outo que some 100 pontos num só torneio, assim beneficiamos os jogadores mais participativos e por arrastamento os clubes que melhor se organizarem para receber esses jogadores.
Os tenistas selecionados serão aqueles que mais pontos obtiverem no somatório cumulativo de todos os nossos torneios.
Por tudo isto consideramos ser um investimento, a verba despendida pela Associação e não um custo pois será uma forma indireta de transferir financiamento aos clubes.
O Master tem de ser uma grande festa, para exponenciar a vontade dos atletas á sua participação.
Deste modo para o primeiro master a ATLEI oferece o alojamento e pequeno almoço em hotel de 4 estrelas, alimentação e prenda a todos os selecionados.
Os escalões escolhidos vão dos sub 12 aos Vet 55 no género feminino e masculino, totalizando um máximo de até 64 jogadores.
Fazemos este esforço porque sabemos que podemos, e se o resultado for aquele que esperamos, vamos melhorar as condições para que esta seja mais uma grande festa da ATLEI.
Também em 2018 vamos relançar o projecto MiniSpin, ténis dos 6 aos 12 anos, com um novo regulamento e site próprio, o seu responsável já está escolhido e terá a supervisão do nosso conselho técnico.
O Centro Regional de Treino vai ser mantido na sua dinâmica de estágios e torneios acompanhados e teremos este ano um equipamento próprio para as nossas Seleções Regionais.
Em 2018 a formação de treinado nível 1 da ATLEI será a titulo experimental em regime pós laboral.
Vamos promover reuniões com os Clubes para auscultar as suas preocupações e necessidades.
Antes de me despedir,
Quero agradecer a todos os membros dos órgãos sociais da ATLEI e aos clubes a confiança depositada na Direção a que presido.
Aos meus colegas de Direção um muito obrigado pela dedicação e esforço o qual algumas vezes não são compreendidos por alguns.
Resta-me desejar a todos um Bom Ano de 2018.
Boa noite e obrigado pela V/ presença.

 

Prémios Especiais


CLUBE DO ANO
Iniciou e desenvolveu a sua actividade com um campo de ténis adaptado.
Após a adesão da população ao Ténis foi possível promover junto das entidades oficiais, a construção de dois campos de ténis e assim consolidar esta modalidade numa pequena Vila.
Conta neste momento com cerca de 90 jogadores federados.
-Academia de Ténis Avelar


DIRIGENTE DO ANO
Foi um dos mais jovens presidentes de Clubes da Associação. É conhecido pela sua afabilidade, abdicou do cargo de Presidente para ingressar no Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Ténis, após a sua eleição em Assembleia Geral da Federação.
-Ricardo Costa do Clube Ténis de Peniche


REVELAÇÃO DO ANO
Jovem jogador de Ténis fez em 2017 o pleno nos Campeonatos Regionais ao ganhar o que tinh para ganhar no seu escalão.
-Sebastião Nobre do TDS


TREINADOR DO ANO
Reconhecido pela sua dedicação à modalidade, elemento ativo do Centro Regional de Treino e do Conselho Técnico da ATLEI.
Caracteriza-se pelo seu espirito de equipa sendo um exemplo de correção e educação dentro e fora de campo.
-José Rodrigues da Associação 20 KM´s Almeirim


ATLETA DO ANO
Sagrou-se Campeão Nacional em 2017, caracteriza-se por ser um atleta extremamente competitivo.
Possui um largo palmarés ao longo da sua carreira, é atualmente o numero um do seu escalão
-Jorge Almeida do CETL


PRÉMIO CARREIRA
Por razões alheias à sua vontade, estando neste momento a passar por uma das piores fases do Clube que dirige, é um dos Presidentes mais antigos da ATLEI ao longo de mais de 38 anos, sempre em continuidade de funções.
Dirigente e jogador reconhecido pelo seu dinamismo para o bem da modalidade no Clube Escola de Ténis de Leiria e na ATLEI.
-Joaquim Dias do CETL